Aborto é pior do que pedofilia porque "não mata ninguém" e outros absurdos saídos da igreja - Paraíba Feminina

Breaking

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Aborto é pior do que pedofilia porque "não mata ninguém" e outros absurdos saídos da igreja



Um padre de Rhode Island, nos Estados Unidos, disse em entrevista à emissora NBC WJAR que considera aborto um pecado pior que a pedofilia porque o abuso sexual de crianças "não mata ninguém".

O reverendo Richard Bucci fez esta afirmação na tentativa de convencer legisladores do estado a barrar leis pela legalização no aborto na região. Anteriormente, ele havia proibido parlamentares que aprovaram a lei de participar de eventos em sua igreja.

"Alguns podem fazer uma comparação entre pedofilia e aborto. Mas a pedofilia não mata ninguém, aborto mata", disse. O reverendo disse ainda que mais crianças foram mortas pelo aborto do que foram abusadas sexualmente, acrescentando que "o que não quer dizer que o abuso não seja uma coisa horrível".

Por onde começamos?

Podemos dizer que um abuso sexual na infância, mata sim. Mata a inocência, os sonhos, os sorrisos e a confiança em qualquer adulto. Depois podemos dizer que essa estatística baseada em achismos é totalmente ridícula, uma vez que os crimes de abuso contra crianças são subnotificados, com o agravante de que a própria Igreja Católica passou décadas encobrindo os crimes de pedofilia praticado por seus padres.

O padre pode apenas estar se protegendo, ou protegendo os seus.

A Igreja do Sagrado Coração, onde Bucci atua, se recusou a comentar a declaração do religioso à NBC News.

da redação com UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário