O pecado de ser uma mulher 'normal' casada com um galã. Até disso somos culpadas? - Paraíba Feminina

Breaking

sábado, 29 de fevereiro de 2020

O pecado de ser uma mulher 'normal' casada com um galã. Até disso somos culpadas?



Ela é uma mulher bonita: loira, olhos azuis, dentro do padrão. Mas seu corpo não é o de uma Gisele Bündchen. Ela não é modelo, é mãe de dois filhos pequenos. Tem o corpo de uma mulher da sua idade que não trabalha com moda. A mulher em questão é a atriz e influencer Mariana Bridi, casada com Rafael Cardoso, galã da Globo. Bridi vem sendo atacada nas redes por causa do seu corpo, como acontece com muitas. A diferença aqui é que ela é atacada, em parte, como ela mesmo admite, por ser casada com um galã de barriga tanquinho. Ela não estaria "à altura dele". Ela poderia "perder o marido".



Mariana fez um desabafo em seu canal de YouTube, onde diz: "É doida a falta de empatia, de compaixão. Eu recebi um direct bem equivocado de uma seguidora dizendo que eu tinha que me amar mais e que não adiantava eu fingir que era feliz, que eu tinha que tomar cuidado porque eu era casada."

Sim, a mentalidade anos 50 de que uma mulher tem que ter um corpo perfeito "para segurar o homem" ainda está dentro de nós. No caso dos caras, como se sabe, a mesma lógica não se aplica, já que um homem mais largado é considerado até charmoso.

É horrível que esse pensamento ainda exista? Claro! Mas também não é surpreendente. É só um homem considerado galã aparecer com uma mulher "normal" para a audiência gritar "como pode?!".

Um exemplo recente é o escândalo causado quando Keanu Reevers apareceu com a nova namorada, Alexandra Grant. Segundo muitos comentários, ela, apesar de ser nove anos mais nova do que ele, parecia a sua avó. Tudo porque ela tem os cabelos brancos. E não, não é uma modelo de 20 e poucos anos –mas uma artista plástica importante.



Barrigudo charmoso x baranga

E quando acontece o contrário? Alguém fica chocado? Quando uma mulher linda, totalmente dentro do padrão, namora um homem careca, barrigudo, que seja parecido com um cara normal, isso causa espanto? Não! Afinal, homens fora do padrão são até interessantes, né? Enquanto isso, a mulher, é uma baranga.

Os exemplos são muitos. Alguém , por exemplo, ia no Instagram de Marcelo de Carvalho quando ele era casado com a Luciana Gimenez falar que ele tinha que malhar para não perder a esposa? Alguém diz que o Ronaldo Fenômeno tem que emagrecer para não perder a namorada, a modelo Celina Locks? Não, né? E ainda bem!

Não é porque mulheres passam por esse tipo de coisa que homens também devem passar. De jeito nenhum. Até a gente, vamos admitir, pensa que um cara é especial (Keanu Reeves é um exemplo) quando vemos que ele escolhe uma parceira que não parece uma modelo da Victoria's Secret. O cara vira tipo um ser evoluído que merece nossa admiração.

Keely Shaye e Pierce Brosnan

Claro que isso é parte de uma cultura terrível contra as mulheres. E claro que aprendemos isso desde pequenas. Isso está tão entranhado dentro da gente que fica difícil mesmo de fugir.

Li um exemplo engraçado em uma revista gringa. Pensem nos Simpsons: a Marge Simpson é magra e gostosona. O Homer, um barrigudo careca. Ou seja, desde pequenas, vendo Simpsons, a gente aprende que o normal é esse!

Brigitte e Emanuel Macron
Semana passada, no BBB, a empresária Bianca Andrade soltou a seguinte frase: "gosto de homem feio e de mulher bonita". Dá para entender por que ela pensa assim: são anos, muitos anos de lavagem cerebral. Mas isso não é exatamente um gosto pessoal, Bianca. É mais construção social mesmo.

Sempre dá tempo de aprender. Se a gente conseguir não gritar da próxima vez que um galã aparecer enamorado por uma mulher que não parece saída da passarela de um desfile de moda, já vai ser um avanço e tanto.E, ah, ele não é um cara evoluído por fazer isso não. Ele só não é um tapado.

Nina Lemos, do Universa

Nenhum comentário:

Postar um comentário