Bolsonaro e a tragédia de ser imune à responsabilidade e desdenhar do perigo real do coronavírus - Paraíba Feminina

Breaking

sexta-feira, 20 de março de 2020

Bolsonaro e a tragédia de ser imune à responsabilidade e desdenhar do perigo real do coronavírus



Diante da pandemia do coronavírus, temos aqui no Brasil um ser humano que parece imune. Assim com o Will Smith no filme "Eu sou a Lenda", Jair Bolsonaro se mantém saudável mesmo com 22 dois membros da sua equipe comprovadamente infectados. A China deveria coletar células do presidente e fazer estudos. É um caso sem precedentes. Um homem que se concentra em todos os grupos de risco, que possui uma equipe que se infectou, e que se mantém à salvo.

Alguém ainda acredita nisso?

Tudo nesse país parece ser uma grande mentira. Os dados não são confiáveis, não existem testes para todos os casos suspeitos, as pessoas que morreram em São Paulo não estavam catalogados nos casos suspeitos, não existem leitos, as fake news propagam informações inúteis, e as vezes perigosas. E a ameixa seca do bolo é um presidente que mente, que desdenha do perigo real, que coloca sua população em risco, que resolve debater ideologia política com os adversários (ou seja, todo mundo que discorda dele) e que quer convencer que está saudável. Mentira. Não acreditamos nisso.

E sim, Jair Bolsonaro já demonstrou ser irresponsável ao ponto de mentir para uma nação para não reconhecer que estava errado o tempo todo. Que lástima.

Deus acima de tudo, Brasil acima de todos, e ninguém por nós.

Acompanhe a lista de pessoas que estiveram na comitiva em visita aos EUA que foram testadas positivo para o novo coronavírus:


Filipe Martins, assessor internacional da Presidência;

Major Cid, chefe da ajudância de ordens;

Coronel Suarez, diretor do Departamento de Segurança Presidencial;

Carlos França, chefe do Cerimonial;

Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República

Nelsinho Trad, senador pelo PTB-MS

Nestor Forster, embaixador e encarregado de negócios do Brasil nos EUA

Karina Kufa, advogada e tesoureira do Aliança pelo Brasil

Sérgio Lima, publicitário e marqueteiro do Aliança pelo Brasil

Samy Liberman, secretário-adjunto de comunicação da Presidência

Alan Coelho de Séllos, chefe do cerimonial do Itamaraty

Quatro integrantes não-identificados da equipe de apoio do voo presidencial aos EUA

Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)

Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia

Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais

Daniel Freitas, deputado federal (PSL-SC)

Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI

Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia

Sérgio Segovia, presidente da Apex

Taty Valéria, com informações da Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário