Coronavírus: Assembleia suspende aulas da Creche, da Escola do Legislativo e libera servidores dos grupos de risco - Paraíba Feminina

Breaking

segunda-feira, 16 de março de 2020

Coronavírus: Assembleia suspende aulas da Creche, da Escola do Legislativo e libera servidores dos grupos de risco



A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) decidiu suspender as atividades da Creche e Pré-Escola Ângela Maria e da Escola do Legislativo (ELEGIS) como forma de contenção e prevenção ao Coronavírus (Covid-19), além de liberar os servidores que estão incluídos nos chamados grupos de risco. A decisão vai constar em uma nova resolução que será editada pela presidente, Adriano Galdino, e pela Mesa Diretora da Casa. O objetivo do ato é preservar a saúde de alunos, professores e servidores da Escola, da Creche e do Poder Legislativo como um todo.

As direções da Escola e da Creche já comunicaram aos alunos, pais e funcionários que as aulas estão suspensas a partir de hoje e que a medida adotada tem como principal objetivo o respeito à vida. “O que estamos fazendo é justamente para evitar tudo o que outros estados e países estão enfrentando”, afirma a diretora da Elegis, Maria Helena. As aulas, tanto na Escola, quanto na Creche, poderão ser retomadas no próximo dia 1º de abril.

A diretora Creche, Neidenalva Moura, disse que a expectativa é que os alunos retornem às atividades normais no dia primeiro de abril, porém essa data poderá sofrer alteração, de acordo com as orientações da Secretaria de Saúde do Estado e do município de João Pessoa. “Como em nossa instituição a estrutura física não dispõe de ar renovável, já que as salas de aula são fechadas e isso potencializa a propagação do vírus, entende-se a necessidade de fechar a Creche”, disse.

A medida adotada pelo presidente Adriano Galdino atende as orientações da OMS (Organização Mundial de Saúde), principalmente, em relação aos servidores que compõem grupos de risco. “Cada um de nós precisa fazer sua parte. É um vírus perigoso e atinge com muita violência os mais velhos. A Assembleia tem essa obrigação de cuidar da saúde de seus servidores, assim como, da população que frequenta a Casa. São medidas que, infelizmente, precisam ser adotadas”, declarou Galdino.

Os servidores que tiverem nos considerados grupos de risco estão liberados de comparecer ao trabalho. Para isso devem comunicar e comprovar a condição ao chefe imediato e ao setor de Recursos Humanos. “Quem tiver como desenvolver as atividades de casa, assim fará”, explicou o presidente.

Adriano acrescenta que no último sábado os servidores do setor de limpeza da Casa passaram por um treinamento para adotar novos procedimentos de higienização dos banheiros, maçanetas e corrimãos, sobretudo na área do plenário da ALPB, onde acontece a maior aglomeração de pessoas. Também já foi providenciado álcool gel para todos os setores da Assembleia por medidas de segurança.

A OMS pediu hoje mais empenho dos governos para conter o avanço do novo coronavírus pelo mundo. Em entrevista coletiva, o diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que é preciso ampliar o número de testes e o isolamento para prevenir novas infecções. Ghebreyesus disse também que, apesar de o maior risco estar no grupo acima de 60 anos de idade, jovens, incluindo crianças, já morreram por causa da doença.

GRUPOS DE RISCO

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, fazem parte dos grupos de risco que estão mais suscetíveis a pegar a Covid-19 os idosos, asmáticos, pessoas com doenças crônicas ou do coração, fumantes, hipertensos e diabéticos.

do portal da Assembleia Legislativa PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário