Em plenário, deputada afirma: Uma sociedade só pode ser justa e fraterna quando a igualdade de gênero se tornar realidade em nosso país - Paraíba Feminina

Breaking

quarta-feira, 4 de março de 2020

Em plenário, deputada afirma: Uma sociedade só pode ser justa e fraterna quando a igualdade de gênero se tornar realidade em nosso país



No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a deputada estadual Cida Ramos (PSB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nesta quarta-feira (4), para chamar atenção da sociedade sobre o crescimento do número de casos de violência contra a mulher no país e no estado.

De acordo com Cida, a celebração do dia 8 de março simboliza o marco de luta e resistência para as mulheres. “O Dia representa, sobretudo, a busca pela igualdade de gênero, para que possamos viver dignamente, fraternalmente e solidariamente. Não existe sociedade democrática e civilizada verdadeiramente enquanto tivermos dados tão alarmantes de violência contra as mulheres em nosso país. Pesquisas nos mostram que nos últimos 12 meses, 1,6 milhão de mulheres foram espancadas ou sofreram tentativa de estrangulamento. Nove em cada dez assassinatos de mulheres são praticados por companheiros ou ex-companheiros. Apenas 7,9% dos municípios brasileiros possuem delegacias especializadas no atendimento a mulheres. A Paraíba também registrou um crescimento de 11,76% no número de casos de feminicídio em 2019. Uma sociedade só pode ser justa e fraterna quando a igualdade de gênero se tornar realidade em nosso país”, afirmou.

A Presidente da CPI do Feminicídio ainda destacou a atuação da Comissão em todo o estado da Paraíba. “A ALPB, através da CPI, diz não a essa realidade tão terrível que estampa o Brasil nacionalmente e internacionalmente. E é por isso que este instrumento já realizou oito reuniões através de importantes parcerias com o Ministério Público, com o Tribunal de Justiça que se fazem presentes nas oitivas e no acompanhamento do nosso trabalho. Já temos um amplo calendário de visitas, plenárias e audiências firmadas para os próximos meses em diversas regiões da Paraíba. Estamos caminhando para a construção de uma grande frente em consonância com os três poderes para ampliar as políticas públicas para as mulheres”, destacou Cida Ramos.

da assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário