Patrulha Maria da Penha participa de feira de serviços na Central de Polícia - Paraíba Feminina

Breaking

terça-feira, 3 de março de 2020

Patrulha Maria da Penha participa de feira de serviços na Central de Polícia



Equipes do Programa Integrado da Patrulha Maria da Penha e dos serviços da Casa Abrigo Aryane Thais e Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes, coordenado pela Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, participam, nesta terça-feira (3), do lançamento da campanha de enfrentamento à violência doméstica durante a Feira de Serviços “Polícia Civil em rede pelas mulheres”, a partir das 8h, na Central de Polícia Civil, localizada no Bairro Geisel, em João Pessoa.

O evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher, celebrado em 08 de março, é da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, por meio da Polícia Civil/ Coordenação das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher da Paraíba (Coordeam). Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Lidia Moura, todos os serviços oferecidos pelo governo estarão disponíveis às mulheres, como o Programa Empreender Mulher.

“Vamos disponibilizar profissionais e material de divulgação sobre os serviços da rede de enfrentamento à violência, que inclui os centros de referência de Campina Grande e Sumé, programa de abrigamento, o acompanhamento das medidas protetivas oferecido pela Patrulha Maria da Penha, além das ações organizadas junto com as delegacias, promotoria e  Tribunal de Justiça”, afirma a secretária Lidia Moura.

A Feira de Serviços “Polícia Civil em rede pelas mulheres” disponibilizará serviços odontológicos; serviços de beleza, saúde e bem estar, como corte de cabelo, massagem relaxante e antiestresse; fisioterapia; serviços de Enfermagem, como aferição de pressão arterial e teste de glicemia; expedição de cédulas de Identidade; orientações jurídicas; orientações sobre o Programa Empreender Mulher, entre outros, por meio de diversos parceiros.

Programação de março - O programa Integrado da Patrulha Maria da Penha será ampliado para mais 106 cidades da Paraíba no segundo semestre. O diagnóstico das cidades já começou e o curso de formação para os profissionais, entre policiais militares, civis e profissionais da rede de atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar começa a partir de março, nesta sexta-feira (6), às 9h, durante a solenidade de lançamento da programação do mês de março das Mulheres, no Espaço Cultural. A ampliação vai abranger a região de Campina Grande, a região do Brejo, polarizado no município de Guarabira e a região Cariri, por Monteiro.

SECOM/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário