Paraíba registra queda nos registros de violência doméstica, mas alerta vermelho segue ligado - Paraíba Feminina

Breaking

segunda-feira, 20 de abril de 2020

Paraíba registra queda nos registros de violência doméstica, mas alerta vermelho segue ligado




Seguindo na contramão dos números nacionais, a Paraíba registra uma pequena queda no número de violência doméstica no primeiro trimestre de 2020. Em 2019, foram instaurados 1.107 inquéritos; contra 996 no mesmo período desse ano. Em relação à pedidos de medidas protetivas de urgência, o número também caiu: 1.206 m 2019, contra 1.198 em 2020. Os dados são da Delegacia Geral da Polícia Civil.
Apesar da queda, o alerta continua na proteção e defesa da vida das mulheres. Só de descumprimento de medidas protetivas, aParaíba teve um aumento de 1.160%.
Outro levantamento, realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelou que houve aumento de feminicídio no mês de março. O número de mulheres mortas no estado de São Paulo aumentou 46% em março na comparação com o mesmo mês de 2019: passou de 13 para 19.
No Rio Grande do Norte, em março 2019, foi registrado um feminicídio. Neste ano, foram quatro. No Acre, passou de um caso para dois. Mato Grosso foi o estado que teve o maior aumento percentual: 400%. Foram dez mulheres mortas só em março.
Faz três anos que o número de registros de assassinatos de mulheres pelos parceiros cresce no Brasil. É por isso que os especialistas em segurança pública estão certos de que o isolamento domiciliar não é a causa dessa violência. Nesse momento, as mulheres que já sofrem com relacionamentos abusivos correm mais perigo porque não estão conseguindo escapar do agressor.
“O fato dessas mulheres estarem dentro de casa com seus agressores, muitas vezes sem se deslocar para ir ao trabalho, faz com que elas denunciem menos. Se antes a gente falava ‘denuncie’, ‘vá a uma delegacia de polícia’, muitas vezes agora, essa denúncia passa por pedir ajuda pelo whatsapp, pelas redes sociais e por outros aplicativos”, explica Samira Bueno, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
Na Paraíba, em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, por exemplo, já é possível fazer boletim de ocorrência pela internet. E, em todo o país, as denúncias podem ser feitas pelos números: 190 e 180. Aqui na Paraíba, existe ainda o 197, para denúncia anônima.

da redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário