A comovente história da cadela que doou sangue para salvar vida de cachorro doente - Paraíba Feminina

Breaking

terça-feira, 19 de maio de 2020

A comovente história da cadela que doou sangue para salvar vida de cachorro doente


Pallas, uma cadela de dois anos integrante da Polícia Civil do Ceará (PCCE), doou sangue para ajudar um cachorro diagnosticado com erliquiose (doença do carrapato), uma perigosa hemoparasitose. O cão estava com quadro de anemia profunda e pôde receber a ajuda de Pallas.

A cachorra é da raça pastor belga malinois e trabalha no Núcleo de Operações com Cães (NOC) da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) da PCCE. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS), cães policiais são ótimos doadores de sangue devido à rotina frequente de treinos e hábitos saudáveis.

A coleta do sangue de Pallas foi feita por uma equipe veterinária na própria sede do NOC. "Doar sangue é um ato de generosidade. Que o exemplo da Pallas possa sensibilizar as pessoas para a doação", pontua Pedro Viana, diretor da delegacia.

Critérios para cachorros doarem sangue
– idade entre 1 e 8 anos;
– peso mínimo de 20 quilos;
– estar saudável, sem doenças e realização de transfusão ou cirurgias nos 30 dias anteriores;
– não realizar uso de medicamentos contínuos
– está com a vacinação e vermifugação em dia.

O intervalo entre as doações é de dois meses.

Do O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário