Cuidado, mães e pais! Digital influencers de João Pessoa criam agência de pornografia para aliciar menores - Paraíba Feminina

Breaking

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Cuidado, mães e pais! Digital influencers de João Pessoa criam agência de pornografia para aliciar menores

Uma agência que recruta meninas maiores de 12 anos para a produção de conteúdo pornográfico em João Pessoa. Vídeos “esclarecedores” incentivando e reafirmando que meninas de 12, 13 anos podem sim trabalhar e se “divertir”, e que não precisam se preocupar porque estariam de máscara.

Com pouco mais de 310 seguidores, o perfil AgenciaMaioresde12Anos exibia uma única publicação: um card se intitulando como a “A melhor Agência Pornô de Jampa”.




No perfil de um de seus administradores, @maxjampa, explicações bem diretas.











O perfil AgenciaMaioresde12Anos mudou de nome para JampaPrivê, ambos já excluídos. Mas antes, o administrador teve tempo de mandar mais um vídeo.



Em contato com um dos nomes que aparece como administrador do perfil, recebemos a informação que tudo não passou de uma “zoeira” de um grupo de amigos. De acordo com Anderson, o que está acontecendo é uma grande injustiça. “Nossa intenção nunca foi aliciar menores, isso é um pepino que estão querendo jogar pra gente. Não somos monstros nem criminosos”, disse Anderson, que ainda afirmou que fará sua defesa em seu próprio perfil no Instagram.

Anderson ainda pediu desculpas pelo erro.

Tentamos contato com os outros dois rapazes que aparecem como administradores do perfil. Um dos perfis foi ocultado (ou excluído) e o de @maxjampa, autor dos vídeos, não nos retornou.

Numa busca nos stories do seu perfil, encontramos meninas em fotos com posições com teor erótico. Importante deixar registrado que não conseguimos informações precisas sobre as idades dessas meninas.






Em conversa com uma adolescente por whatsapp, descobrimos também que existe (ou existia) um grupo formado para fazer o agenciamento, com valores entre R$ 300 e 2.000, dependendo do "serviço". Num pequeno vídeo, é possível ouvir o áudio de duas pessoas e de como seria o acerto do pagamento.
Por, provavelmente, se tratar de menores de idade, não iremos exibi-lo.

É importante deixar claro que produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente é crime previsto em lei, com penalidade de 4 a 8 anos de prisão. É o que prevê o artigo 240 da Lei Lei Nº 8069 DE 13/07/1990, também conhecido como Estatuto da Criança e Adolescente.

Até o fechamento dessa matéria, não tivemos o retorno do administrador dos perfis e autor dos vídeos.

Taty Valéria

Nenhum comentário:

Postar um comentário